14jan. 2017

0

829

UPX ESTÁ PREPARADA PARA O REPARO DO CABO SUBMARINO RIO-FORTALEZA

Avisos, IP Transit, IP Transit Security by Fernanda Leite
reparo-cabo-Rio-Fortaleza

Os cabos submarinos interligando o Brasil aos demais países é uma infra-estrutura compartilhada pelas principais empresas de telecomunicação e internet do Brasil e do mundo, mesmo competidoras entre si. O principal cabo que interliga o Brasil aos Estados Unidos em seu trecho entre Rio de Janeiro e Fortaleza foi danificado e exigirá reparo emergencial. A UPX Technologies é uma das empresas usuárias deste cabo em seu backbone internacional de trânsito IP e por este motivo vem alertar seus clientes através deste comunicado sobre os riscos envolvidos.

O dano ocorreu não na parte ótica e sim na alimentação elétrica, essencial para que os repetidores óticos ao longo do cabo funcionem. O trecho danificado está a 4 mil metros de profundidade e o navio para o reparo já está a caminho do local. O cabo será recolhido do piso marinho, trazido a bordo, reparado e novamente lançado ao mar. A atividade está prevista para início às 23:45 deste sábado (14/01/2017) e o término deverá ocorrer na noite de domingo. O cabo continua operando antes do reparo porém com capacidade reduzida. Durante a manutenção, o trecho em questão terá seu funcionamento integralmente interrompido.

Atuando de forma próxima e contínua com seus fornecedores, a UPX está preparada para operar normalmente durante esta manutenção emergencial no cabo submarino. Convido-o a consultar o mapa especialmente feito para esta atividade técnica:

 

mapa-manutencao

 

No mapa, temos trechos do backbone UPX indicado pelas seguintes cores:

1) Em preto: trechos do backbone UPX em situação operacional normal.
2) Em vermelho: o trecho submarino afetado entre Rio de Janeiro e Fortaleza.
3) Em verde: trecho tradicional do backbone UPX no anel sulamericano que prossegue em situação operacional normal que neste contexto atuará também como backup do trecho Rio-Fortaleza.
4) Em azul: circuitos novos adquiridos temporariamente para escoar parte da capacidade perdida durante a manutenção, tanto entre Cotia/SP e Porto Rico (EUA) como também entre Rio de Janeiro/RJ e Boca Raton (EUA).

Diante do exposto, produtos diferentes do portfólio UPX poderão ser afetados de forma diferente, conforme descrito a seguir.

 

 CDN – WAA, WAF

Devido a natureza distribuída deste produto, não são esperados efeitos colaterais observáveis. Note que a manutenção do cabo afetará centenas de empresas de telecomunicação e ISPs atuantes no país. É possível que os usuários finais tenham dificuldades de navegação como um todo, independente da saúde da CDN UPX.

 

Streaming

O serviço de streaming da UPX em si não deve ser afetado por operar também em uma rede distribuída (CDN). Recomendamos a todos os clientes que consultem seus provedores de acesso à internet (ISP) sobre como estão se preparando para esta ocorrência para se certificar que não haverá perda de comunicação entre o seu encoder (que envia o sinal de streaming para a UPX) e os servidores da UPX. Os provedores da região Norte e Nordeste do país correm maior risco de desconexão e instabilidades. Também considere que os provedores de internet de seus espectadores podem sofrer instabilidade como um todo devido as mudanças na conectividade do país com o exterior e do nordeste com o sudeste.

 

IP Transit Security

São previstas mudanças repetidas e significativas da tabela full de roteamento durante a manutenção. Recomendamos monitorar a taxa de uso do CPU dos roteadores de borda ao longo do dia e o número de prefixos aprendidos.

A consequência mais perceptível será o aumento de latência no tráfego originado em ou destinado às seguintes localidades:
Norte/Nordeste do Brasil
Venezuela, Colômbia
América Central
América do Norte
Europa
África

Mesmo para os destinos afetados, *NÃO* são esperados perda de pacotes ou interrupção de conectividade. Também não são esperadas mudanças significativas de latência para demais regiões (centro-oeste, sudeste, sul do Brasil, demais países da América do Sul, Ásia e Oceania).

 

Em caso de dúvidas, nossa equipe está à disposição através do e-mail redes@upx.com.br (IP Transit Security, trânsito IP) e para os demais serviços através do suporte@upx.com.br.