09ago. 2016

0

72

OLIMPÍADAS RIO 2016 – ATAQUES DDoS CRESCEM DURANTE O EVENTO

capa-blog_ataques-rio2016

Na última sexta-feira (5 de agosto), o grupo Anonymous Brasil divulgou um vídeo anunciando a operação #OpOlympicHacking, uma série de ataques digitais em protesto contra as Olimpíadas Rio 2016. Além de tirar do ar algumas páginas relacionadas ao evento, o grupo ainda divulgou um tutorial passo a passo de como realizar um ataque DDoS, convocando todos a colaborarem com a operação.

Para realizar os ataques DDoS (Distributed Denial of Service), os hackers enviam um número alto de requisições simultâneas (através de máquinas zumbis) aos servidores do alvo, tornando websites e serviços online indisponíveis. Além de prejudicar os negócios, esse tipo de ataque danifica também a reputação da empresa atingida.

Sua empresa é um alvo?

Pensar que apenas as empresas patrocinadoras ou relacionadas com as Olimpíadas tendem a ser alvos desses ataques é um grande engano. O hacktivismo (ato de realizar ataques em forma de protesto ou manifestação) tem como principal objetivo causar impacto, mas nem sempre prejudicar a organização que foi atacada.

Muitas empresas já se tornaram vítimas de ataques DDoS por efeito colateral, ou seja, por ser reconhecida por um grande número de pessoas e conseguir atrair a atenção das pessoas e da mídia. Por isso, qualquer empresa de grande porte, ou que indiretamente esteja relacionada com as causas do protesto, pode se tornar uma vítima.

Como se proteger?

Para proteger a sua empresa é preciso monitorar o tráfego que chega até os seus servidores. O IP Transit Security da UPX é uma solução de trânsito IP com proteção anti DDoS, que mitiga (na nuvem) os ataques em sua origem, antes que eles alcancem os servidores de destino e prejudiquem toda a operação.

Fale com nossos especialistas e proteja a sua empresa durante as Olimpíadas Rio 2016!

UPX Technologies | Fale conosco


Fonte: Canaltech